Fazer melhores escolhas alimentares através do NUTRI-SCORE

Quando quer escolher determinados produtos, por vezes tem dificuldade em interpretar o seu rótulo, e escolher as opções nutricionalmente mais adequadas?

A solução passa, principalmente, pela correta e atenta leitura do rótulo desses produtos, através da lista de ingredientes e da tabela nutricional dos mesmos.

Hoje falamos-lhe de uma ferramenta, o Nutri-Score, que já se encontra presente em alguns produtos e iremos explicar-lhe em que medida este modelo o pode ajudar nas suas escolhas alimentares.

 

O que é o Nutri-Score e para que serve?

O Nutri-Score classifica os produtos alimentares numa escala de A a E, através de um código de cores (que vai desde verde-escuro a vermelho), dando-nos uma informação mais simplificada e de forma imediata sobre a qualidade nutricional dos produtos alimentares processados e embalados.

O verde escuro (A) mostra-nos que o produto é melhor do ponto de vista nutricional, incentivando o seu consumo relativamente a um produto de cor vermelha (E), que se associa a um produto menos interessante do ponto de vista nutricional, sendo, por sua vez, uma pior escolha alimentar relativamente ao primeiro.

 

Confira algumas vantagens e considerações que o NUTRI-SCORE pode ter na escolha dos seus produtos.

Vantagens:

  • Facilitar a escolha do produto, uma vez que nos dá a classificação da qualidade nutricional global do alimento;
  • Permitir uma interpretação fácil e rápida do produto (economiza tempo);
  • Melhorar a qualidade nutricional dos produtos embalados existentes no mercado;
  • Facilitar a comparação de alimentos da mesma categoria de produtos ou o mesmo alimento em diferentes marcas (ex: entre cereais de pequeno-almoço,…);
  • Contribuir para boas escolhas alimentares.

 

Algumas considerações:

  • O Nutri-Score funciona à base de um algoritmo, ou seja, de um cálculo matemático onde a presença ou a ausência de determinados nutrientes têm influência na cor final a atribuir ao produto. No entanto, é preciso ter atenção pois nem sempre o facto de  um produto ter mais fibra, menos gordura e uma quantidade considerável de açúcar,  faz dele um alimento mais interessante do ponto de vista nutricional. Isto mostra-nos que, havendo alguns alimentos que estão classificados com um score (A) com estas características, continua a ser importante fazer a leitura da Tabela Nutricional e Lista de ingredientes do produto. 
  • Classificar um alimento com COR VERDE NÃO SIGNIFICA OBRIGATORIAMENTE que seja um ALIMENTO SAUDÁVEL (confira sempre o rótulo do produto para ter a certeza).

A par de tudo o que foi dito, não se esqueça que não é por um produto ser classificado com a letra D e E que não deva ser consumido. Integrados numa alimentação equilibrada, poderá incluí-los com moderação e de forma esporádica.

Como em tudo, não existem ferramentas perfeitas, e o Nutri-Score ainda apresenta algumas limitações. No entanto, poderá ser uma ferramenta bastante útil no momento de fazer boas escolhas alimentares, mas atenção, SEMPRE QUE POSSÍVEL, não dispense a leitura do rótulo do produto alimentar que vai escolher!

Artigo escrito pela Nutricionista Patrícia Maio Rodrigues (3425NE)

Partilha este artigo:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Usamos cookies para oferecer a melhor experiência on-line. Ao concordar em aceitar o uso de cookies de acordo com nossa política de cookies.