Entre convívios, jantares e o Natal…onde fica o equilíbrio?

Sabemos que o mês de dezembro é um dos meses mais esperado por todos, seja pelo espírito natalício, pela união, empatia e compaixão que se sente, especialmente quando os familiares e amigos se juntam ou simplesmente pelas deliciosas iguarias que a nossa tradição gastronómica nos presenteia nesta altura, em que só de pensar já ficamos com “água na boca”.

Mas para além disto, é também um mês em que muitos de nós somos “desafiados” para  imensos convívios e jantares de natal que antecedem o próprio dia da consoada.

São os jantares dos amigos, os jantares da empresa, os jantares com a família, etc. … Acabam por ser alguns e fazem parecer que já é natal sem ainda ter chegado o dia 24.

É, por isso,  uma altura em que inevitavelmente estamos expostos a mais alimentos do que o normal e é perfeitamente compreensível querermos aproveitar esta época e sair um pouco fora da rotina habitual. E a pergunta que se coloca é: “mas e então, podemos comer à vontade?”. A resposta é que podemos comer de tudo o que mais gostamos mas de forma moderada, pois não é necessário “devoramos” tudo o que estiver presente nesses convívios ou na mesa de natal. 

Quando falamos em equilíbrio significa que devemos escolher comer o que mais gostamos, com consciência, sem grandes exageros e sem estar a pensar que o que estamos a comer vai influenciar o peso e o/a vai engordar, emagrecer ou o que seja… Descomplique e aproveite esta ocasião com quem mais ama, foque-se nas pessoas, no convívio em si, partilhe conversas e não esteja apenas focado na comida.

Também é importante ter em mente que NÃO SE DEVE PROIBIR DE COMER algum alimento ou prato que gosta, proibir alimentos não é uma prática saudável e muitas vezes poderá fazer com que consuma de forma excessiva esses mesmos alimentos. 

Para algumas pessoas, esta altura pode ser motivo de maior preocupação, medo e até restrições e algum sentimento de culpa por consumir determinados alimentos que à partida não associamos tanto a uma alimentação saudável. O que realmente importa é o contexto em si e não é por sair fora da rotina em um ou dois dias que vai pôr em causa todos os hábitos equilibrados que manteve ao longo do ano.

Lembre-se que o natal são 2 dias e, mais importante do que o que se come nestes dias, é ter um estilo de vida saudável ao longo do ano, porque um dia não são dias!

Se tem receio que o seu consumo nesta altura seja mais excessivo, deixamos algumas dicas que podem ajudar a comer de forma mais equilibrada:

Antes do Natal:

  • Manter a rotina habitual, de preferência que inclua um estilo de vida saudável;
  • Evitar fazer restrições antes ou após um convívio/jantar – faça a alimentação habitual;
  • Evitar ir para um jantar de convívio com fome (lanchar antes);
  • Aproveitar os convívios de natal e manter o foco nas pessoas e na conversa.

Durante o dia de Natal:

  • Manter uma boa hidratação;
  • Escolher os alimentos com consciência e moderação;
  • Evitar restringir-se de comer um alimento que gosta com medo de influenciar o seu peso;
  • Fazer atividades que promovam a atividade física (ex.: um passeio em família);
  • Aproveitar os momentos para estar e conversar com a família.

Após o Natal: 

  • ESQUEÇA O “DETOX” – Volte à sua rotina habitual;
  • Distribua as sobras do natal pelos familiares e reaproveite alguns alimentos para fazer outras refeições;
  • Inclua a sopa e hortícolas diariamente às refeições;
  • Faça uma ingestão adequada de água;
  • Pratique atividade física;
  • Descanse e tenha um sono de qualidade.

 

Para lhe mostrar que é perfeitamente possível aproveitar esta altura e comer de forma equilibrada, a equipa das Consultas de Nutrição desenvolveu um guia prático com estratégias para esta altura e mais de 20 receitas saborosas para colocar na mesa de natal desde entradas, pratos principais, sobremesas e até excelentes ideias de presentes que pode oferecer a quem mais gosta.

Faça as pazes com a comida o ano inteiro e tenha um Feliz Natal!

Artigo escrito pela Nutricionista Patrícia Maio Rodrigues (3425NE)

Partilha este artigo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Usamos cookies para oferecer a melhor experiência on-line. Ao concordar em aceitar o uso de cookies de acordo com nossa política de cookies.